“Palmeiras supera o Coritiba e interrompe sequência negativa após mais de um mês sem vitórias.”

0

37 dias. Essa foi a quantidade de tempo que o Palmeiras demorou para voltar a vencer. Neste domingo (22/10), no Couto Pereira, a fragilidade do Coritiba ajudou a equipe palmeirense a interromper a crise e sair de campo com o placar favorável de 2 x 0.
Gustavo Gómez e Piquerez marcaram os gols da vitória válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Na luta por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores, o Palmeiras precisava vencer, independentemente do desempenho. A segunda opção prevaleceu, mas a comissão técnica conseguiu proteger o gol e fortalecer a defesa.
Agora a missão é manter a retomada de confiança constante para enfrentar o rival São Paulo, na próxima quarta-feira (25/10), às 20h, no Allianz Parque.
“Foi um jogo muito importante. Jogador de futebol tem que estar preparado para lidar com essa pressão, tem que querer essa pressão. É uma vitória muito importante, três pontos e vamos nos preparar para o clássico para tentar alegrar nossos torcedores”, afirmou o lateral-esquerdo uruguaio, autor do gol final em Curitiba.
O resultado deixa o Palmeiras na quarta posição, com 47 pontos e uma vantagem de quatro pontos sobre o Atlético-MG, primeiro time fora do G6. Já o Coritiba fica na vice-lanterna, com 20 pontos, a 11 pontos de distância do Goiás, 16º colocado.
Precisando mostrar poder de reação na temporada, o Palmeiras entrou em campo com alterações na equipe titular. Em um esquema com três zagueiros, a comissão técnica portuguesa optou por retirar um atacante e dar mais liberdade aos laterais.
O trio de ataque do jogo anterior, formado por Endrick, Rony e Kevin, foi substituído pela dupla Breno Lopes e Flaco López.
Apesar da mudança, a equipe palmeirense continuou enfrentando dificuldades para criar jogadas e demonstrou desatenção defensiva nos primeiros movimentos. Aos 9 minutos, um grande susto.
O Coritiba abriu o placar após uma sequência de rebatidas, mas o VAR identificou impedimento e invalidou a comemoração da equipe do Alto da Glória.
A pressão inicial do Coritiba deu lugar ao domínio do Palmeiras. Com mais paciência do que nos últimos jogos, o time paulista trabalhou bastante a bola, explorando as laterais para encontrar espaços na defesa adversária.
No entanto, foi em uma jogada de bola parada que o placar foi aberto. O zagueiro Gustavo Gómez apareceu novamente no jogo aéreo, cabeceou após escanteio de Veiga e marcou o primeiro gol aos 33 minutos.
Mesmo com o gol, o Palmeiras parecia estar sem confiança. Os jogadores tinham receio de errar e isso prejudicava o desempenho em campo.
Quando o primeiro tempo se encaminhava para o fim, Piquerez mostrou que está com pontaria afiada. Em um rebote, após cobrança de escanteio, o uruguaio chutou de primeira e balançou as redes aos 48 minutos.
No início do segundo tempo, o Coritiba repetiu o roteiro da etapa anterior, pressionando e sendo mais incisivo, mas sem conseguir furar a defesa do Palmeiras. Os visitantes, por sua vez, não aproveitaram os contra-ataques e desperdiçaram chances na criação das jogadas, cometendo erros de passes simples.
O jogo ficou morno, sem grandes oportunidades para os goleiros, o que levou os treinadores a fazerem alterações nos seus ataques para solucionar o problema em comum: a falta de finalizações. No entanto, as dificuldades não foram superadas e o placar permaneceu inalterado até o apito final.
Gostou das notícias sobre futebol? Receba as últimas informações diretamente no seu celular! Entre no canal do Metrópoles no Telegram e siga-nos também no Instagram!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *