Há suspeitas de que a tia tenha permitido o namorado abusar sexualmente de sua própria sobrinha.

0

Goiânia – Uma mulher de 50 anos é acusada de permitir que o namorado, de 49 anos, abusasse sexualmente da própria sobrinha. Conforme a Polícia Civil, a tia levou a menina – que tem 11 anos – da escola sem a autorização da coordenadora da instituição, fazendo-se passar por sua mãe, com a promessa de lhe dar um presente.

A prisão do casal ocorreu na quinta-feira (19/10), na cidade de Nazário, a cerca de 72km da capital de Goiás. As câmeras de segurança registraram o momento em que a tia impede a entrada da criança na escola e a leva embora do local.

Segundo a polícia, após a menina ser retirada da escola, a coordenadora da instituição acionou o Conselho Tutelar e começou a seguir a menor e a tia. Ela viu quando as duas entraram em um veículo conduzido pelo namorado da mulher. Ao anotar a placa do carro, a coordenadora entrou em contato com a Central de Flagrantes de Trindade e com a mãe da menina.

Assim que ficou sabendo do que estava acontecendo com a filha e das características do veículo, a mãe da menina suspeitou que o namorado de sua irmã fosse a pessoa que havia levado a criança e foi até o endereço dele.

A menina foi encontrada na casa do suspeito. A criança relatou que o homem tentou beijá-la naquele dia. Além disso, contou que em outro dia deste mês, na casa de sua tia, o homem a forçou a manter relações sexuais sem usar proteção.

De acordo com a Polícia Civil, o homem pagou R$ 1.000 à tia da vítima pelo ato sexual com a menina. Ambos devem responder pelo crime de estupro de vulnerável.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *