De acordo com o Inmet, são registradas as maiores precipitações pluviométricas em São Paulo para o mês de outubro em 80 anos.

0

São Paulo — A cidade de São Paulo bateu o recorde de chuvas para um mês de outubro desde o início das medições do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), há 80 anos. Foram registrados 356 mm de chuva no Mirante de Santana, na zona norte, até as 10h da manhã desta terça-feira (31/10).

De acordo com o Inmet, o recorde anterior ocorreu em outubro de 1969, quando a capital paulista registrou 237,9 mm de chuva.

Pessoas caminhando em um viaduto sobre a Avenida 23 de Maio, em São Paulo – Foto: William Cardoso/Metrópoles

O volume de chuva registrado na cidade de São Paulo neste mês de outubro foi 180% acima da média histórica para o período, que é de 127,2 mm. Choveu em pelo menos 13 dias do mês.

O Inmet informou que o maior volume de chuva em um período de 24 horas foi registrado na manhã do dia 9, com 86,6 mm. É importante ressaltar que as medições do Inmet ocorrem sempre às 10h e esse valor é considerado para o dia. Portanto, as chuvas da tarde desta terça-feira já serão contabilizadas no mês de novembro.

O ano como um todo está mais chuvoso do que o normal até o momento. Segundo o instituto, a cidade de São Paulo já registrou 1.553,7 mm ao longo de 2023, o que corresponde a 21% (270,6 mm) acima da média climatológica para o período.

De acordo com o Inmet, a grande quantidade de chuvas está principalmente associada aos meses de fevereiro e outubro, que tiveram precipitações muito acima da média. Por outro lado, janeiro, maio, junho e principalmente julho, tiveram chuvas muito abaixo do esperado.

As temperaturas máximas em outubro também ficaram 0,7° C acima da média para o período, atingindo 27,2° C. A maior temperatura máxima do mês ocorreu no dia 24, com 33,7° C.

Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre São Paulo através do WhatsApp do Metrópoles SP: (11) 99467-7776.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *