Corinthians e Santos terminam em empate com gol contra e penalidade nos minutos adicionais

0
O Corinthians recebeu uma punição por desistir de um jogo em que estava dominant e e permitiu o empate do Santos por 1 x 1, no domingo (29/10), na Neo Química Arena, em uma partida direta na luta para evitar o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. A equipe do técnico Mano Menezes jogou melhor, abriu o placar com um gol contra de Jean Lucas, mas reduziu o ritmo e viu o adversário empatar nos minutos finais, em um pênalti marcado com a ajuda do VAR.
Com este resultado, o Corinthians alcançou 37 pontos e continua ameaçado. O Santos tem 34 pontos e é o primeiro time fora da zona de risco, que inclui Goiás (32), Vasco (31), Coritiba (23) e América-MG (19).
O primeiro tempo foi todo do Corinthians. A equipe de Mano Menezes foi mais eficaz, criou várias oportunidades e poderia ter ido para o intervalo com uma vantagem no placar (até mesmo uma goleada), não fosse pelas defesas de João Paulo. O goleiro do Santos fez pelo menos três defesas impressionantes em 14 finalizações corintianas. Com espaço, Renato Augusto foi o fator de desequilíbrio, iniciando as jogadas ou dando o último passe.
O Santos não causou problemas para Cássio. A equipe santista dependeu de chutões para Marcos Leonardo brigar com os defensores do Corinthians, o que, logicamente, não trouxe nenhum resultado. Não é à toa que o time de Marcelo Fernandes teve apenas 30% de posse de bola no primeiro tempo. Muito pouco para uma equipe que luta para se afastar da zona de rebaixamento do Brasileirão.
A persistência do Corinthians continuou no segundo tempo e foi recompensada. O placar foi aberto com a ajuda de Jean Lucas. Após cobrança de escanteio e desvio de Romero, Yuri Alberto finalizou para mais uma defesa de João Paulo. A bola bateu na trave, voltou para o meio da área e o jogador santista chutou contra o próprio gol de forma estranha.
Com a vantagem, o Corinthians reduziu um pouco a intensidade, abrindo caminho para sofrer um pouco de pressão nos minutos finais e foi punido com o empate. Anderson Daronco atendeu ao chamado do VAR em um lance entre Soteldo e Bruno Méndez na área e marcou pênalti. Mendoza bateu e converteu.
Quer ficar atualizado sobre tudo o que acontece no mundo dos esportes e receber notícias diretamente no seu celular? Siga o canal do Metrópoles no Telegram e não deixe de nos seguir também no Instagram!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *